© 2019 COMIDA DE COMER - Natália Jorge

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram
  • Natália Jorge

Nem só de pitaya vive um bowl

A febre do bowl de pitaya continua, mas nem sempre é fácil e barato encontrar a frutinha por aqui. Então democratize-se e faça bowls de várias cores.


Você já aprendeu aqui que banana congelada é vida. Agora, é muito simples.


Para o bowl de pitaya mainstream: bata no liquidificador meia pitaya, uma banana congelada e água o suficiente para ajudar a bater. Isso deve render uns 2 bowls.


Para o bowl de frutas amarelas hipster-brasilidade bata a polpa de um maracujá e de meia manga com um pouco de água. Em seguida, coe e volte ao liquidificador com uma banana congelada e bata. Se necessário, acrescente mais água, só para ajustar a consistência. Não é necessário adoçar, pois a banana e a manga já cumprem essa função.


Você também pode acrescentar linhaça, chia e afins, para deixar seus bowls mais nutritivos.


Os "toppings" - esses adereços por cima do creme - são importantes elementos do vizu instagramável (rs) do seu bowl, então capriche. Gosto de colocar granola caseira, lascas de coco, goji berries...